Cabo Júlio alerta: a segurança pública vai explodir

Deputado cabo Júlio (2)

De acordo com o parlamentar, parece que o Governo está anestesiado e teme uma tragédia na segurança pública, assim como aconteceu em 1997. “Estamos aguardando o Governo do Estado para discutir ajustes salarial e estrutura. Se tem uma classe que pode balançar a estrutura de um Estado são os agentes, policiais civis, os bombeiros e policiais militares. Se o governo acha que já ganhou e não tem que discutir essas questões, está enganado”, destacou o Cabo Júlio, que vem há meses tentando negociar com o governo a atual situação da classe no Estado.

“Estivemos reunidos com o Governador em maio onde ficou acertado que em junho iriamos nos reunir com a Secretaria de Fazenda, Planejamento e Governo para tratar do parcelamento e recomposição salarial. Já estamos em setembro e essa reunião não aconteceu. O número de suicídios e problemas psiquiátricos vem aumentando a cada dia. Eu sou base do governo estou avisando, a bomba vai explodir. Quem avisa amigo é”, alertou.

Na oportunidade, o parlamentar destacou a situação dos investigadores excedentes da Polícia Civil que estão acampados na porta do Palácio das Mangabeiras e solicitam nomeação de novos investigadores. “Convocação para 114 excedentes não tampa nem o buraco de uma delegacia especializada, quanto mais do Estado. Temos anos que não existem concursos para escrivão e delegados”, observou o parlamentar.