Celise Laviola trabalha por educação em 2017

20-12 Celise Laviola trabalha pela educação em 2017

Matricular os filhos na escola, fazer uma consulta médica, viajar ou simplesmente ir para o trabalho de ônibus. Tarefas como essas fazem parte da vida de qualquer cidadão. Se você se preocupa com a qualidade destes e de outros serviços, com certeza já deve ter se perguntado como tudo isso é planejado e discutido. Pensar estratégias, discutir projetos, e analisar proposições que interferem diretamente na qualidade de vida dos mineiros é o papel da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Em 2017, a ALMG foi o centro de importantes debates que resultaram em leis que ajudaram a transformar Minas em um estado melhor.

Neste cenário, desenvolvimento da região leste de Minas, saúde e educação foram destaques. A deputada Celise Laviola (PMDB), intermediou importantes discussões que resultaram na destinação de recursos, execução e obras e manutenção de programas sociais.
Educação

Na educação, a parlamentar, que é presidente da Comissão de Educação, Ciência e tecnologia da ALMG, trabalhou pela melhoria na qualidade de ensino e valorização do servidor. “Trabalhamos no Projeto de Lei 2.882, que trata do Plano Estadual de Educação e cria metas para o setor no estado. Esperamos, assim, combater a evasão escolar, erradicar o analfabetismo e fazer, das escolas, um ambiente acolhedor para alunos, professores e comunidade”, disse Celise.

Em defesa das mulheres

Saúde da mulher e violência doméstica também foram pautados em 2017. Celise é presidente da Secretaria da Mulher da Unale – União Nacional de Legisladores e Legislativos Estaduais –, e contribuiu com importantes discussões que resultaram em campanhas de empoderamento e combate à violência contra a mulher. “Não podemos admitir que a mulher seja desvalorizada, e violentada. Somente a conscientização e a quebra de preconceitos serão capazes de fazer com que as mulheres sejam valorizadas no mercado de trabalho, ocupem mais espaço na política e diminuam, assim, os registros de violência”, afirmou a deputada.

Fóruns Regionais

Em outubro deste ano, foi realizada, em Aimorés, a 14ª edição dos Fóruns Regionais de Governo. Na ocasião, 55 municípios do Vale do Rio Doce participaram e levaram suas demandas. Celise acredita que o modelo de descentralização do governo e aproximação com a população é uma importante ferramenta de gestão. “Assim podemos ouvir os moradores e entender do que os municípios mais precisam”, contou.