Deputado cobra mais transparência da Fundação Renova

Thiago Cota (deputado estadual PMDB/MG)

Thiago Cota (deputado estadual PMDB/MG)

Durante reunião da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na quarta-feira (30/8), o deputado Thiago Cota apresentou Requerimento de Pedido de Informações à Fundação Renova a fim de que ela possa fornecer ao Legislativo Mineiro todas as informações concernentes a sua atuação e sua própria estrutura (quadro de Funcionários, contratação da mão de obra local e onde estão sendo aplicados os recursos repassados pela Samarco).

Durante a reunião, Thiago Cota afirmou que vem recebendo denúncias em seu gabinete em relação a forma como vem sendo aplicados os recursos da Fundação Renova e a contratação de funcionários. Segundo o deputado, chegou a informação de pessoas recebendo “altos salários” e cobrou um portal da transparência para poder abrir a “caixa-preta” dos gastos da Fundação. “Estamos cobrando essas informações, pois tememos que no final de tudo o dinheiro acabe e não teremos o resultado esperado conforme foi acordado com as famílias e municípios atingidos.”

A contratação da mão de obra local também foi questionada pelo deputado, segundo o parlamentar, foi acordado que seria priorizada a contratação de filhos de Mariana e das cidades impactadas pelo rompimento da barragem de fundão. Thiago Cota citou que Mariana conta com centenas de engenheiros, técnicos e pessoas capacitadas desempregadas, e a Fundação Renova não vem cumprindo o acordo, contratando profissionais de outras cidades não impactadas.

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável acatou o requerimento do deputado Thiago Cota e aprovou a realização de uma reunião com os representantes da Fundação Renova para debater o assunto em questão.